PANDEMIA, ISOLAMENTO SOCIAL E DEPRESSÃO. - Chicão Consultoria

PANDEMIA, ISOLAMENTO SOCIAL E DEPRESSÃO.

  • By - Adam
  • 8 August, 2018

PANDEMIA, ISOLAMENTO SOCIAL E DEPRESSÃO.

A atual situação que estamos vivendo traz um cenário perfeito para acentuar os quadros de um grave problema vivido pela nossa sociedade: a depressão. Uma doença psicológica, silenciosa e muito séria, a qual requer bastante atenção. Pois, muitas vezes ela é confundida com tristeza, desânimo ou até mesmo falta de disposição, mas o transtorno psíquico vai muito além desses sintomas.

Por mais incrível que pareça não é uma doença que atinge só pessoas tímidas ou caladas, reservadas ou sérias. Indivíduos acometidos pela doença, também esbouçam sorrisos. Contudo, o riso pode indicar felicidade, mas também pode ser uma forma de mascarar a tristeza e a angústia.

Por isso, muitas vezes, de onde nós menos esperamos pode se desenvolve um quadro depressivo. Sabe aquela pessoa mais animada e engraçada do grupo? Pois bem, ela também está sujeita a desenvolver esse transtorno.

Ao meu ver, os tempos atuais são grandes agravantes no crescimento dessa doença. As redes sociais marcam uma forte presença no nosso dia. Hoje, se faz tudo pelo celular, temos toda informação que precisamos em nossas mãos. A vida e costumes de todo mundo está aberta para quem quiser ver.

Um simples indivíduo pode se tornar uma celebridade rapidamente, quase de um dia para noite. Pois, um vídeo viralizado pode tornar um desconhecido em assunto mundial em poucos segundos. Esses são pontos fortes da era digital.

Entretanto, como tudo na vida, também há pontos negativos e perigosos. A rapidez e quantidade de informações que recebemos diariamente é extensa, e pode despertar gatilhos dentro de nós. Se não soubermos priorizar e analisar o que realmente é importante para nossa mente, podemos acabar absorvendo muitos conteúdos que não nos agregam ou até mesmo despertam insatisfações perigosas dentro de nós.

Portanto, essa exposição de vidas perfeitas e extremamente felizes podem nos fazer mal, no momento em que facilmente comparamos com a nossa vida real. Sim, digo isso, porque a vida de rede social, não é só o que exibido, tem muito além do que é passado. Essa vida perfeita transmitida, é uma vida irreal, onde só é mostrado as vitórias, conquistas, melhores fotos, melhores ângulos e corpos perfeitos.

Essa ilusão pode ser o primeiro gatilho para despertar elementos que podem chegar ao ponto de ocasionar uma depressão. Dessa forma, a estética também pode ser um desse elementos. Uma pessoa que luta para ter um corpo dos sonhos, vê e acompanha um atleta ou modelo fitness no seu dia a dia de preparação, pode se decepcionar.

Quando começa a seguir os passos da atleta ou modelo, constatando que será difícil ou quase impossível chegar aquele corpo almejado, pode sentir-se frustrando e mal diante da situação.

Além disso, é importante ter a consciência que há várias vertentes para você não obter aquele shape nesse momento. A pessoa a qual você se inspira pode ter um biótipo diferente do seu, uma rotina em que consegue se dedicar 100% para aquilo ou possui muitos anos de esforço e dedicação para desenvolver o que você admira e deseja.

Portanto, os problemas com as cobranças profissionais, padrões físicos, informação generalizada e abundante, podem ter um resultado danoso ao cérebro se não forem bem administradas.

Por isso, peço a você meu amigo(a) que escolha bem o que estará usando como alimento para sua mente e absorva o que for realmente importante para você. Principalmente neste período que muitas pessoas estão passando mais tempo em casa e em frente ao computador ou televisão.

E compreendam que a primeira grande e maior de todas as armas contra a depressão se chama: atividade física. Ela tem o poder de mudar seu dia. Uma atividade física bem feita produz uma descarga ultra saudável de hormônios do prazer que podem mudar seu estado de espírito. Ela sem dúvidas, é uma grande aliada para o seu bem estar.

Assim, a atividade física é considerada essencial no tratamento da doença. O exercício físico realizado de forma regular tem a capacidade de melhorar o humor e fazer com que o sentimento de tristeza e o estresse diminuam.

Além de puxar com ela vários outros bons hábitos, como se alimentar melhor e dormir melhor.  Geralmente, pessoas depressivas possuem a tendência de trocar o dia pela noite ou ter dificuldade para dormir, devido ao alto grau de ansiedade e estresse. Com a prática de exercícios físicos, é possível que o sono fique mais equilibrado.

Alguns exemplos que podem ajudar a colaborar com a superação do quadro depressivo, são as descargas hormonais naturais que tem o poder aliviar o sentimento de angustia.

Entre eles estão:
  • Serotonina - Liberado na durante a prática da atividade
  • Endorfina - Age como uma espécie de analgésico natural do corpo.
  • Dopamina - liberado através das suas conquistas, metas alcançadas, Records batidos.
  • Oxitocina - que tem relação com as emoções.

 

Esse é o melhor caminho para amenizar ou se libertar deste problema que afeta tantas pessoas e é potencializado em períodos de isolamento. Sem contar o fato da atividade física puxar vários outros bons hábitos que juntos serão um auxílio para vencer a depressão. SE CUIDE!  E conte comigo nesse processo.

Aproveite e vai no nosso canal do youtube faz sua inscrição e curta os videos:

Deixe um comentário

Observe que os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados

Consultoria Fitness

Planos de treinamento personalizados para você atingir seus resultado.

Seu Treino

Treinamentos personalizados de acordo com sua individualidade.

O seu treino em 7 dias

Fique tranquilo! Você recebe seu treino em 7 dias. Tudo através do nosso app.

Atendimento Online

Temos uma equipe especializada para lhe orientar e tirar suas dúvidas.